ALTO DA GLÓRIA

A caminhada de hoje será em direção ao Alto da Glória. Este pequeno pedaço de nossa querida Curitiba, é bem merecedor deste título, muito pela sua tranquilidade e por outro lado, berço de grandes figuras Curitibanas.

Comecemos nossa jornada, a partir do início da tão conhecida Avenida João Gualberto. Logo de início deparamos com a entrada principal do velho “PASSEIO PÚBLICO” com seu suntuoso portal (cópia exata do famoso portal do Cemitério de Cães de Paris).

À esquerda onde é atualmente o Marco Árabe, no passado existia uma serraria famosa de propriedade da família “MORO” sendo um dos proprietários, eleito prefeito de Curitiba, por sinal se mostrou figura de destaque no âmbito municipal colaborando com inúmeras obras no município.

Subindo um pouco à direita onde atualmente se encontra nosso querido “COLÉGIO ESTADUAL DO PARANÁ” foi o berço de meus antepassados onde abrigou o início da “FAMÍLIA DO NASCIMENTO”.

Neste abençoado punhado de terra nasceu meu querido progenitor “JÚLIO M. DO NASCIMENTO” pessoa muito estimada na família e também na sociedade. Lembremos que esta propriedade pertenceu à minha saudosa trisavó LAURA MARIA DO NASCIMENTO BORGES (”Nhá Laura”) filha do eminente “JOSÉ BORGES DE MACEDO” (primeiro prefeito de Curitiba).

Frente ao Colégio Estadual, havia uma mansão de propriedade da família “FONTANA” ervateiros e desbravadores das terras Paranaenses, que muito contribuíram para o desenvolvimento econômico deste rincão brasileiro. É de destacar que esta família foi proprietária do primeiro carro à gasolina de Curitiba, sendo seu automóvel de placa nº 1.

No próximo quarteirão encontramos recordações que muito nos enchem de alegria, pois nos levam à minha infância e de meus manos, lugares onde sempre íamos brincar como, o atual “PALACETE DOS LEÃO” a imortal “CAPELA DA GLÓRIA” e também a mansão dos “CAILLET” com seus belos jardins, sempre abertos para nos receber. Ressaltemos que uma jovem pertencente à família, de nome “DIDI CAILLET” foi eleita “PRIMEIRA MISS DE CURITIBA” e primeira miss Paranaense a disputar o MISS BRASIL nos anos 20 (ver vida e fotos no Google).

Chegamos agora na confluência com a Rua Mauá, à esquerda existia uma pequena praça, chamada por todos de “PRACINHA DA BOMBA” por abrigar no passado uma bomba de gasolina (me lembro bem da marca Texaco).

Atravessando a rua encontramos o “CEMITÉRIO LUTERANO” também muito conhecido até nossos dias como Cemitério Protestante. Este recinto era muito respeitado por nós crianças e passávamos bem ligeiros ante seus portões obedecendo sempre conselhos dos pais.

Agora sim estamos chegando a um lugar inesquecível para mim e meus amiguinhos da época.

“O GLORIOSO CORITIBA FOOT BALL CLUB” neste sim gostávamos de ir assistir aos treinos diários do time e já naquele tempo, como pequenos torcedores fervorosos. Recordo que meu irmão Osmar, me fazia decorar o nome de todo o time. Se errasse era pau no lombo!

Neste campo também se davam grandes festividades escolares e até colação de grau, de diversas escolas  estaduais e militares como CPOR.

Finalmente salientemos a famosa indústria de “PIANOS ESSENFELDER” conhecida mundialmente. (infelizmente foi extinta).

RECORDAR É VIVER!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *