UM PASSEIO DE TRAILER

Quando falamos em trailer todos logo pensam em algo apertado, pequeno, ou algo  que não traga conforto ao seus ocupantes. Pois vou provar em poucas palavras de que se trata, passar uma longa ou curta temporada, dentro deste pequeno abrigo. Quando meu marido se aposentou pelos idos de 1983 decidimos comprar um pequeno trailer Karman a fim de experimentar fazer uma viagem até Florianópolis.

Assim sendo logo que aprontamos tudo que se faz necessário para enfrentarmos um deslocamento com o máximo de atenção e segurança inerentes à operação, partimos para a nossa nova aventura que desde o início foi coroada de êxito!

Na época, não contávamos ainda com um veículo compatível para rebocar o trailer, o que fizemos com um carro de passeio mesmo. Já à tardinha chegamos a um camping muito aprazível localizado após a Lagoa da Conceição em Floripa. Ao chegar qual não foi nossa surpresa quando fomos muito bem recebidos pelos demais companheiros que lá estavam.

Não mediram esforços para nos ajudar até que estivéssemos estacionados com todo o conforto.  Os colegas tratavam-se de casais de meia idade na maioria, alguns ainda com filhos adolescentes e outros tantos já com seus netos. À noite nos convidaram para fazer parte de uma reunião numa churrasqueira do camping, onde cada um levou algo a fim de prepararmos uma deliciosa sopa. E lá ficamos até o início da madrugada conversando, cantando e outros tantos com seus violões derramando muita alegria no ambiente.

Lá permanecemos alguns dias, desfrutando de praias maravilhosas em torno do camping. Logo que voltamos tratamos de trocar o trailer por um de porte maior e compramos também uma caminhonete para rebocá-lo. Este ultimo, contava com um quarto de casal, mais uma sala que à noite, a mesa se transformava em outra cama de casal. Sendo assim acomodava muito bem quatro pessoas tranquilamente. Contava também com fogão 4 bocas completo, geladeira dupla, além do banheiro com chuveiro a gás. Note-se que todos os campings oferecem banheiros completos, churrasqueiras salões de jogos e alguns dotados de piscinas.

Assim sendo desfrutamos durante dez anos desta vida deliciosa, percorrendo campings existentes em Santa Caterina e Rio Grande do Sul e alguns em São Paulo não esquecendo nosso Litoral. Algumas vezes levávamos minha sogra, ou netos que adoravam e se divertiam muito. Nos últimos anos de nossa andança, ficamos sócios da Thalia que contava com um camping fora de série localizado em São Luiz do Purunã e lá deixávamos o trailer, indo todo final de semana.

É um lugar maravilhoso, contando com piscinas de águas minerais, passeios pela mata, além de oferecer leite fresco, contando com uma sede com restaurante e com um ótimo salão para festas para os associados. Nestas nossas viagens fizemos inúmeras amizades algumas duradouras até hoje.

O importante é que neste ambiente ninguém sabia da vida particular de cada um. Você convivia com todos em harmonia mal sabendo, que estava junto à pessoas de alto relevo profissional ou status social! Assim passamos alguns anos de aposentadoria bem merecidos, os quais relembramos com muita saudades dos lugares e das pessoas que encontramos em nossa caminhada!

RECORDAR É VIVER !

  • Albano
    Albano 18 de fevereiro de 2018 às 07:58

    Acho que teremos que criar uma nova categoria. As viagens da tia Iara.

    Muito bom.

  • Deixe seu comentário